Portugal: Loide Augusto baptizado com derrota no Mafra

Num jogo em que Kevin Ibouka não foi opção, a jogar como avançado, Loide Augusto foi baptizado com derrota, por 3-1, na estreia com as cores do Mafra, em jogo disputado no Estádio Carlos Osório, em Oliveira de Azeméis, diante da UD Oliveirense, referente a 1ª da Liga Portugal SABSEG.

Com golo de jogada brasileira, apontado por Lucas Silva, após assistência de Murilo aos 20 minutos, o Mafra se adiantou no marcador, mas viu o UD Oliveirense a inverter o score na etapa complementar, com os golos a serem apontados por Michel Lima (49′), o japonês Randy Obi (88′) e Gonçalo Pimenta no tempo de compensação.

Apesar da estreia com derrota e ser substituído aos 85 minutos, Loide Augusto foi das unidades mais inconformados do Mafra, criando algumas dificuldades à defesa adversária.

Portugal: Loide Augusto é reforço no Mafra

O Clube Desportivo de Mafra, emblema da II liga portuguesa de futebol, onde actua o internacional angolano Inácio Miguel é o mais novo clube de Loide Augusto, num contrato válido até 2024.

Formado no projecto brincando com a bola, na escola de futebol do Zango, Loide Augusto, representou a última época o Farense, onde apontou 2 golos em 19 jogos, depois de ter representado o Sporting CP, tendo jogado nos juniores e nas equipas de sub-23 e B.

Portugal: Inácio Miguel na vitória do Mafra

O central Inácio Miguel, um dos pupilos do seleccionador Pedro Gonçalves, nos Palancas Negras, foi a unidade com maior destaque, na vitória do Mafra, ontem, domingo, no Estádio José Gomes, em Lisboa, em visita ao Estrela da Amadora, por 2-0, em jogo a contar para primeira jornada da 2ª Liga portuguesa.

No regresso ao futebol português, depois de duas temporadas no futebol romeno, Inácio foi o “bloco” no sector defensivo do Mafra, ajudando a tornar inviolável a baliza defendida pelo brasileiro Renan Bragança.

O primeiro golo surgiu aos 10 minutos, com o holandês Stevy Okitokandjo a bater Nuno Hidalgo, numa assistência de Pedro Barcelos e, na segunda parte, o francês Chano Boukholda que entrou aos 86 minutos, precisou apenas de 4 minutos, para selar o triunfo do Mafra em cima do minuto 90.

P