Jovem do Manchester United sonha mundial com os Palancas Negras

O central Teden Mambuene Mengi, de 18 anos, cedido ao Derby County da segunda Liga inglesa pelo Manchester United, sonha estar na próxima edição da Copa do Mundo, Qatar 2022, quer com a seleção inglesa de futebol ou com a congênere angolana. Segundo fonte ligada ao atleta.

Falando a Claque Magazine, um dos tios do atleta que se estreou na equipa principal a 5 de Agosto de 2020, ao entrar como suplente de Timothy Fosu-Mensah aos 84 minutos, num jogo da UEFA Europa League frente aos austríacos do LASK Linz, depois de ter sido internacional inglês dos sub-15 aos sub-18, Mengi sonha estar no mundial e vê nos Palancas Negras o caminho ideal para estar no Qatar 2022, apesar de estar focado no desejo de chegar a equipa AA da Inglaterra.

Nascido em Manchester, filho de pais angolano, Mengi que está vinculado ao gigante inglês até junho de 2024, com opção de mais um ano, ingressou na academia do Manchester United aos sete anos e fez a sua primeira aparição pelo clube em uma partida da Premier League sub-18 contra o Sunderland em 28 de Outubro de 2017, tendo assinado seu primeiro contrato profissional em Setembro de 2019, mas é no Derby County onde encontrou o gostinho do futebol competitivo e está progredindo sob liderança de Wayne Rooney.

Portugal: Leonardo Buta ganha vaga na pré-época do Braga

O lateral esquerdo Leonardo Daniel Ulineia Buta, irmão mais novo do lateral direito, Aurélio Buta, perfila-se como o primeiro reforço do plantel do SC Braga versão 2021/2022, segundo o Jornal A Bola.

De apenas 18 anos, com contrato até 2022 e cláusula de rescisão fixada nos 20 milhões de euros, Leonardo Buta tem revelado qualidades acima da média nos sub-23, com 2 golos, em 1768 minutos, fruto de 22 jogos, tendo despertado interesse junto de clubes da Liga, e o treinador Carlos Carvalhal reservou-lhe uma vaga na pré-temporada.

Alemanha: Vunguidica reclama falta de apoio

O internacional angolano José Vunguidica, do 1. FC Saarbrücken, da 3ª Liga alemã, manifestou em entrevista ao site saarbruecker-zeitung.de, ser vítima de falta de apoio da equipa, estando na base da sua baixa produção ao longo da época em curso.

Em entrevista divulgada na passada terça-feira, o avançado de 31 anos, reclamou a gestão do treinador polaco Lukasz Kwasniok, tendo manifestado o desejo de deixar a equipa no fim da época.

Ao longo das últimas três épocas na equipa, Vunguidica, leva na presente época 291 minutos, em nove jogo, tendo apontado o único golo da época, aos 82 minutos, na derrota caseira, de 2-3, no passado dia 19, diante do FC Viktoria Köln, a contar para a 29ª jornada.

P