Connect with us

Futebol

Santa Rita: MC aponta irregularidades na sua exclusão

O avançado Lutonda João Sebastião, conhecido por MC que nas últimas tres épocas representou o Santa Rita do Uíge, tendo sido inclusive uma das principais unidades na brilhante campanha que promoveu o regresso da equipa ao Girabola, alega haver irregularidades na sua exclusão na equipa que prepara em Luanda, à época 2022/23.

O extremo avançado de 28 anos, que é um dos vários atletas dispensados da lista do actual treinador, alega que o vínculo contratual continua válido até Dezembro do corrente ano, e se sente injustiçado por ter tomado conhecimento da sua desistência, por terceiros, e só depois pela direção, que recusa justificar as razões.

Falando à Claque Magazine, o atleta formado pelo ASK Dragões do Uíge se sente injustiçado e busca no mercado outras oportunidades, não descartando um possível regresso ao ASK.

“Ouvi de terceiros, que eu estava dispensado do clube, antes e depois de toda essa história procurei consultar a direção do clube para me falarem a verdade davam muita curva, por outra não me explicaram os verdadeiros motivos da rescisão do meu contrato que ainda tem validade até 27 de Dezembro deste ano, Eles foram muito injustos comigo”. Conta o atleta.

Ao serviço do Santa Rita marcou 30 golos, em 50 jogos.

A Claque Magazine tentou sem sucesso reação da direção dos Católicos do Uíge.

More in Futebol

P