Connect with us
https://claquemagazine.com/wp-content/uploads/2021/07/AWARDS-GALA-1280-X-150-1.jpg https://claquemagazine.com/wp-content/uploads/2021/07/AWARDS-GALA-1280-X-150-2.jpg https://claquemagazine.com/wp-content/uploads/2021/04/RELATORIO-e1619612446955.jpg

Soccer

Presidente do Cuando Cubango FC envolvido no Caso Lussaty

O presidente do Cuando Cubango FC, capitão, Anatásio Lucas José, está entre os 20 oficiais da Casa de Segurança do Presidente angolano no Cuando Cubango, que a Procuradoria-Geral da República (PGR) deteve na sequência da operação “Caranguejo”, foram confirmadas pelo porta-voz da PGR, Álvaro João, falando à Rádio Nacional de Angola.

A operação da PGR é liderada por oficiais da DNIAP de Luanda, que deverão permanecer em Menongue, capital do Cuando Cubango, durante os próximos dias, realizada no âmbito do conhecido “Caso Lussaty”, iniciada em Luanda, a 24 de maio passado, envolvendo de igual modo o comandante da Casa de Segurança do Presidente da República no Cuando Cubango, coronel Manuel Correia, tendo sido encontradas e apreendidas elevadas somas em kwanzas guardadas em contentores.

As detenções são por suspeita do cometimento dos crimes de peculato, retenção de moeda, associação criminosa e outros.

Anatásio Lucas José já havia sido condenado em Julho de 2019, segundo o acórdão lido pelo Juiz de Direito, Bento Camenhe, pelo crime de atropelamento, de um menor de 16 anos, que resultou em morte imediata, incorrendo, por isso, em crimes previstos e puníveis nos termos dos artigos 368º e 482º do Código Penal, tendo cumprido prisão efectiva na Comarca Central do Bié.

More in Soccer

P