Connect with us

Diáspora

Portugal: Assistência de Paná termina em empate com o Benfica

Com assistência do médio Paná, aos 60 minutos, que ditou o golo do brasileiro André Clóvis, após o nulo verificado na primeira parte, a Académico de Viseu forçou o Benfica B a correr atrás do prejuízo caseiro, para empatar (1-1) com golo de Henrique Pereira, aos 90+5 minutos, neste sábado, no Seixal, em partida da jornada inaugural da Liga Sabseg.

Ainda sem o médio Maestro recém contratado ao Estrela da Amadora, o Benfica B acabou sendo surpreendido pelos acadêmicos, que entrou melhor no jogo e acercou-se por duas vezes nos primeiros 15 minutos com perigo da baliza benfiquista. Aos 10 e 14, em jogadas protagonizadas pelo guineense de Bissau Famana Quizera.

Depois do primeiro quarto de hora, o Benfica B equilibrou as operações e começou a chegar junto da área dos acadêmicos sem conseguir, no entanto, colocar em sobressalto o guarda redes eslovaco Domen Gril. Apesar de o Académico de Viseu ter tido mais ocasiões de golo, as melhores oportunidades de golo pertenceram ao Benfica B na reta final do primeiro tempo. Aos 38, depois de uma excelente jogada colectiva, um remate do avançado Henrique Pereira só não deu golo devido a defesa de Domen Gril, que apanhou novo susto aos 45+2 quando o italiano de origem senegalesa Cher Ndour disparou forte ao lado do poste esquerdo.

Após o intervalo, o Benfica B entrou mais dinâmico, mas, no sector mais recuado, nunca conseguiu suster as incursões do conjunto de Viseu que ameaçou marcar por intermédio de Famana Quizera (53 e 57 minutos) e Gauthier Ott (55).

Sem surpresa, tendo em conta a superior qualidade do futebol apresentado até aí, o Académico de Viseu conseguiu, aos 60 minutos, inaugurar o marcador num remate forte e colocado de André Clóvis, após assistência de Paná, que não deu hipóteses de defesa ao guarda-redes Samuel Soares.

A perder por 1-0, o Benfica B, de forma muitas vezes atabalhoada, não desistiu de procurar a igualdade e conseguiu fazê-lo aos 90+5. No último dos cinco minutos de compensação da partida, um lance protagonizado por Henrique Pereira, avançado que deixou para trás vários opositores e fez o 1-1 que valeu um ponto a cada equipa no Seixal.

More in Diáspora

P