Petro de Luanda pagou 4,5 mil milhões de kwanzas a 475 funcionários

O Petro de Luanda gastou 4,5 mil milhões de kwanzas em ordenados e salários em 2022, segundo publicou ontem o Novo Jornal, na versão online.

De acordo com a fonte, citando os dados do relatório e contas do clube tricolor, o clube aplicou mais de 4,5 mil milhões de kwanzas em ordenados e salários de 475 funcionários, entre os quais atletas, técnicos e outros trabalhadores, e 5,1 mil milhões de kwanzas em prémios de jogo e troféus por alcance dos objectivos traçados pelo emblema fundado pela Sonangol, além das assistências médicas e bónus de assinaturas.

Num total de cerca de 10 mil milhões de kwanzas, o clube liderado por Tomás Faria gastou mais em prémios de jogo e troféus por alcance dos objectivos.

ADDVERTISE