Governo da Huíla quer que empresas locais ajudem as equipas do Girabola

O Governo da Huíla quer que as empresas locais ajudem as equipas de futebol a suportarem as despesas económicas do Girabola.

Esse apelo veio do director do gabinete provincial da Cultura, Turismo, Juventude e Desportos da Huíla, Osvaldo Lunda, informando que tem estado a acompanhar um pouco por todo o país o que tem acontecido com várias equipas, visto as dificuldades financeiras tem sido um grande “calcanhares de aquiles” das equipas conseguirem se manter no Girabola.

“Gostaríamos que a Huíla conseguisse ultrapassar esse problema que para além do Clube Desportivo da Huíla tivesse várias outras equipas a concorrer. O mais importante é entrar e ficar. Não cair na primeira esquina. Por isso, será muito importante podermos contar com o apoio das empresas locais”, defendeu.

Falando aos jornalistas, no lançamento oficial do R10 Academy Lubango, a todos aqueles que gostam do desporto, sobretudo o futebol, a ajudar a fazer parte deste projecto ambicioso da formação de novos talentos.

“Desejaríamos ver um pouco dos nossos petizes e não aprenderem cada vez mais, e melhor a dinâmica do futebol para que no mais curto espaço de tempo possamos ter do que mais uma equipa a representar a província da Huíla no Girabola”,

P