Ciclismo: Volta a Angola tem percurso definido

A segunda edição da Volta a Angola em ciclismo será disputada numa extensão de 935 quilómetros de estrada entre as províncias do Huambo, Benguela, Cuanza-Sul, Zaire, Bengo e Luanda, de 14 a 22 de Outubro.

Aberta a ciclistas nacionais e estrangeiros, numa organização da Federação Angolana de Ciclismo (FACI), a Volta a Angola homenageia o antigo ícone do ciclismo Alberto da Silva “Pepino”, com início no Huambo com término em Luanda, num total de oito etapas.

A primeira etapa da Volta Angola é disputada a 14 de Outubro e reserva um prólogo de cinco quilómetros com início na Santa Nganguela e chegada na Munda, ambas localidades da província planáltica. Na segunda etapa, a 15 de Outubro, os ciclistas disputam uma tirada de fundo de 145 quilómetros, com início no Huambo e término em Benguela. No dia seguinte, os “artistas” de estrada competem uma prova de fundo de 170 quilómetros, válida para a terceira etapa, entre Lobito e Sumbe.

A 17 de Outubro, 180 quilómetros serão percorridos no quarto dia de competição. É a maior distância da corrida. Os ciclistas pedalam do Porto do Amboim até ao Parque da Quiçama. No dia 18, a prova reserva pausa geral, para no dia seguinte disputarem o Contra Relógio Individual (CRI) numa distância de 20 quilómetros.

A sexta etapa conta com 145 quilómetros, com início no Soyo, com no Nzeto, e no dia 21, disputam a prova de 170 quilómetros entre Nzeto e Caxito, ligando as províncias do Zaire e Bengo.

A derradeira etapa, prevista para o dia 22, reserva a prova de 100 quilómetros, com partida no Bengo e chegada a Luanda, no Largo 1º de Maio, com circuito fechado.

ADDVERTISE