ANFA e FAF abrem mercado de transferências “excepcional” para os jogadores do Kuando Kubango

Os jogadores do Kuando Kubango FC (KKFC) poderão transferir-se para outras equipas do Girabola neste início da segunda ronda com base na abertura de um período “excepcional” de inscrições, de modo que os mesmo possam encontrar uma solução profissional atempada.

Essa decisão veio de uma nota de imprensa saída de uma reunião entre a Associação Nacional dos Futebolistas de Angola (ANFA) e a Federação Angola de Futebo (FAF), a cerca do caso da desistência do KKFC do presente Girabola, onde lamentaram e condenaram a decisão do clube por ter sido tomada, apenas, no último dia da segunda janela de inscrições e transferências da presente época.

Segundo a nota, que a redacção da CLAQUE MAGAZINE teve acesso, vai acontecer uma reunião de carácter urgente sobre este assunto nos próximos dias, de modo a minizar ainda mais a angústia dos jogadores que se vêm numa situação de desespero, que compromete a sua substência e a das suas famílias, visto que o futebol é a única fonte de rendimento destes jogadores.

Líder do Campeonato da Série B em Portugal apresenta internacional angolano Vanilson

O médio angolano de 23 anos Vanilson é o mais recente reforço do Amora, líder da Série B da Liga 3 e que domingo se desloca ao terreno do 2º classificado U. Leiria.

O médio ofensivo de 23 anos, que também pode atuar nas alas, contabiliza cinco jogos e um golo pela seleção dos palancas negras e parte para a sua segunda experiência no estrangeiro, depois de uma passagem pelo Trofense, sendo que será sem sombra de dúvidas um dos destaques do treinador João Pereira.

Cuando Cubango anuncia desistência do Girabola por razões financeiras

O Cuando Cubango FC, devido a razões de ordem financeira e administrativa, confirmou ontem(31), a sua desistência no Campeonato Nacional, Girabola 2022/23.

Com uma dívida orçada em 134 milhões de kwanzas e largos meses de salários em atraso por pagar aos atletas e pessoal administrativo, a direcção decidiu não continuar mais em prova.

As condições por que está a passar a formação da cidade de Menongue, que disputa os jogos na cidade do Cuito, no Bié, os atletas decidiram falhar o jogo frnete ao Sporting de Benguela referente a decima quarta ronda do Girabola.

Na décima posição com 17 pontos, os jogadores alegam que a situação é insustentável faz tempo.

Por outro lado, o Presidente interino do Cuando Cubango FC, Carlos Samanhonga, assegurou que a sua direcção tem mais de cinco meses de salários em atraso com os jogadores e o pessoal administrativo

Girabola 2022/23 volta a carga nesta quarta-feira, com dois confrontos

É já nesta Quarta-Feira que teremos a segunda ronda do Girabola 2022/23, com o acerto da quarta e decima-quarta jornada, depois de um interregno de 33 dias em virtude da participação da Selecção nacional de futebol de honras na sétima edição do Campeonato Africano das Nações, edição 2023.

Segundo as informações que chegaram a nossa redacção, teremos o confronto entre Desportivo da Lunda-Sul e o 1 de Agosto, no Estádio das Mangueiras, a partir das 15:00, a contar para a quarta jornada.

Já o Sporting de benguela vai receber o Cuando Cubango FC, no Estádio Atlético de São Filipe, às 15:30, a contar para a décima-quarta jornada.

O Petro Atlético está em primeiro lugar da competição, com 37 pontos, enquanto a última posição é assegurada pelo AS Dragão da província do Uíge com apenas quatro pontos, resultante de doze derrotas, quatro empates e nenhuma vitória.

Kakuita é o principal destaque do Santa Rita do Uíge para segunda volta do Girabola

O avançado Manuel Simão António “Kakuita” é o principal destaque do Santa Rita de Cássia do Uíge para a segunda volta do Girabola 2022/23, que tinha sido afastado da equipa principal por opção técnica.

“A direcção, na altura, achou melhor não interferir naquilo que eram as decisões da equipa técnica, por uma questão de ética e profissionalismo”, disse Nzolani Pedro, Presidente do clube.

Segundo o que foi revelado, Kakuita vai vestir a camisola número 7, que mostra a confiança da actual equipa técnica no jogador, onde por isso foi chamado para reforçar o sector atacante.

De informar que Kakuita começou a sua carreira como futebolista profissional no Santa Rita de Cássia em 2019, proveniente do 26 de Janeiro do Bairro Pedreira, emblema que milita no Girabairro das terras do Bago Vermelho.

Até o fecho da primeira ronda do Girabola, o Santa Rita de Cássia do Uíge ocupa o oitavo lugar do Girabola com 20 pontos

CHAN 2023: Avançado do Sagrada Esperança ajuda Moçambique no triunfo inédito

O avançado moçambicano Pachoio Lau Há King, 24 anos, recentemente anunciado como reforço do Sagrada Esperança da Lunda-Norte para a segunda fase do Girabola 2022/2023, foi autor de um dos golos com que a selecção moçambicana venceu por 3-2 a congénere da Líbia, no Estádio Nelson Mandela, em Argel, a capital argelina, e fez história no CHAN, arrecadando o primeiro triunfo nesta prova.

O atleta que trocou a União Desportivo do Songo, campeão de Moçambola, pela equipa angolana num contrato de uma época e meia, marcou aos 84 minutos, o terceiro golo dos Mambas, após ter entrado em campo, aos 55 minutos, numa partida em que os líbios começaram por dominar os primeiros minutos com várias oportunidades junto da baliza de Victor Guambe, o guarda-redes moçambicano, mas sem um perigo real.

Moçambique apresentou dificuldades em sair do seu meio-campo e a pressão líbia não deixava a defesa moçambicana respirar. Aos 23 minutos, essa pressão acabou por dar os seus frutos, num cruzamento perigoso, Chico, defesa moçambicano de 31 anos, na tentativa de cortar a bola, colocou o esférico dentro da sua própria baliza.

No intervalo o resultado mantinha-se a favor dos líbios, com os moçambicanos a virarem o jogo a partir do banco, após Chiquinho Conde ter feito entrar Melque, avançado de 25 anos que actua no Black Bulls, que empatou aos 74 minutos, para Nené, que saiu do banco aos 70 minutos, ampliar aos 80 minutos, e Lau King, apontar o terceiro.

A vencer por 3-1, os Mambas caminhavam para o primeiro triunfo, mas ainda houve tempo para um susto. O avançado líbio, Anis Saltou, aproveitou um erro de Victor Guambe para apontar o segundo golo da Líbia.

Recorde-se que os Mambas nunca tinham vencido um jogo no CHAN, três derrotas em 2014 e um empate em 2023 frente à Etiópia. Desta vez é o primeiro triunfo, os primeiros três pontos arrecadados pela selecção moçambicana.

Estádio do 1° Agosto com nota positiva em seu primeiro jogo oficial experimental

O Estádio França Ndalu recebeu com afinco o seu primeiro jogo oficial experimental, na última segunda-feira, que opôs o 1° Agosto B e o Petro de Luanda B, para a 17° jornada do provincial.

O jogo experimental deu para atestar as condições de acesso, mobilidade, segurança, funcionalidade das áreas destinadas aos intervenientes na partida, zonas reservadas ao público e escoamento do estádio afecto a equipa dos militares e que está em fase de acabamento.

O primeiro anel está concluído com cadeiras de plástico, neste momento só falta o segundo anel e os balneários devem melhorar em alguns aspectos. Estamos em bom caminho“, disse um sócio-adepto da equipa das Forças Armadas que esteve presente no jogo.

Já Dioníso de Almeida, antigo árbitro e comentador desportivo, disse que o Estádio vem para valorizar o desporto nacional, principalmente na capital do país, realçando que os clubes devem trabalhar para terem infra-estruturas como essa do 1° Agosto.

Acredito que a dimensão não é internacional, porque na minha visão as dimensões são minimas. Com a dimensão mínima que o campo apresenta não será possíveis acolher jogos internacionais“, sublinhou.

Sobre o Provincial de Luanda, o 1° Agosto B  venceu por 3-1 o Petro de Luanda B, ficando isolado na liderança do campeonato. Os golos do encontro foram apontados por Kali, aos 38 minutos, Tombi (56), e Manu(87), todo da equipa dos militares, enquanto Lito (61) apontou o tento da formação dos tricolores.

Petro falha jogo e regressa mais cedo do estágio em Portugal

O Petro Atlético vai terminar mais cedo o estágio em Portugal devido ao cancelamento do jogo com o Vila Franquese por motivos desconhecidos, segundo o que a CLAQUE MAGAZINE apurou.

Em terras lusas os tricolores tinham agendados dois jogos amigáveis, onde o jogo diante da Estrela de Amadora foi realizado na última quinta-feira(12), onde terminou empatado a 2 golos.

De informar que campeão actual do Girabola não efectuou hoje o jogo que estava marcado com o Vila Franquese de Portugal, sendo que é esperado o seu regresso ao país no dia de amanhã, 18 de Fevereiro.

Girabola poderá não voltar a 11 de Fevereiro. Saiba os motivos

A 2° volta do Girabola poderá já não acontecer no dia marcado, isto é, a 11 de Fevereiro próximo, devido a complicações de entedimento entre a Associação Nacional de Clubes Angolanos de Futebol (ANCAF) e a Federação Angolana de Futebol (FAF).

Segundo o que foi revelado pelo representante da ANCAF, Manuel Quintas “Docas”, o início da segunda volta do Girabola 2022/23 depende de estar definido o timing do arranque da Liga de Futebol Profissional de Angola, que segundo esse mesmo organismo, deve começar já a partir da próxima epóca, 2023/24.

Em entrevista a Rádio Nacional de Angola, Docas diz que os clubes só vão arrancar com a segunda volta se a FAF ceder a criação da tão almejada Liga Profissional.

De acordo com várias informações que a CLAQUE MAGAZINE recolheu, a FAF tem-se mostrado indiferente quanto a criação da Liga de Futebol Profissionais de Angola.

Espera-se que as duas partes possam reunir-se nos próximos dias,de modo a encontrar uma solução quanto as exigências apresentadas pela ANCAF, que tem como plano de fundo o surgimento da Liga na temporada 2023/24

1º de Agosto volta a receber apoio milionário do Estado

O 1º de Agosto, vice-campeão do Girabola, que a mais de um ano viu a redução orçamental de 800 para 200 milhões de kwanzas mês, pelo Ministério das Finanças, por via do Ministério da Defesa Nacional e Veteranos da Pátria, alegadamente por não haver prestação de contas pela direção, colocando o clube a uma crise financeira sem precedentes, tem a situação revista, e pode nos próximos dias volta a receber os apoios milionários.

Apurou a nossa redação de fonte ligada ao grupo de trabalho, criada pelo executivo, onde consta representantes do Ministério da Defesa Nacional, Ministério das Finanças e sócios-fundadores do clube, que garante que além do apoio das Forças Armadas, o clube vai conter com apoio de um consórcio, constituída por empresas públicas cujos nomes não foram revelados, bem como de um possível apoio do Grupo Carrinho.

A fonte assegura que a situação e a necessidade da revisão da situação financeira do clube foi forçada semanas antes do Natal, após a manifestação dos funcionários e colaboradores do clube, para exigir da direção do clube o pagamento de 16 meses de salários em atraso.

Não tendo sido encontrado qualquer razão que possa sustentar uma possível má gestão e desvio de verbas, à Claque Magazine apurou que os sócios-fundadores reforçam a confiança no presidente, o general Carlos Hendrick.

P